Consolidar crédito para diminuir as prestações

Consolidar crédito para diminuir as prestações

consolidar para baixar as prestaçõesTendo prestações em atraso, uma das potenciais soluções que deverá ter em conta, é o crédito consolidado.

Trata-se de uma solução a que recorrem muitas famílias e a que já vimos serem tecidos os maiores elogios, pela natureza de que se reveste podendo permitir uma estruturação e organização de créditos que volte a tornar possível aos agregados familiares em dificuldades e que começam a deixar para trás alguns pagamentos, liquidarem a tempo as as responsabilidades contraídas.

Na realidade este expediente é muito utilizadas pelas famílias e permite a negociação com a financeira da integração de todas as prestações devidas as créditos vários, numa única.

Só isto, poderá possibilitar a diminuição da prestação mensal global de forma significativa, também porque em simultâneo se pode ganhar mais tempo, acordando a ampliação do prazo de pagamento do contrato, agora único.

Na consolidação de créditos, também se costuma conseguir uma baixa nas taxas de juro aplicáveis, até porque o cliente bancário em apuros se descarta desde modo dos créditos ao consumo que são os de taxas mais onerosas.

A solução do crédito consolidado não deve ser encarada apenas quando já está com prestações em atraso. Pense nela, informe-se e solicite propostas antes mesmo, quando as obrigações começam a pesar, e ainda consegue pagar.

Um desafogo deseja-se em quaisquer circunstâncias.

Como ter o crédito consolidado à sua medida?

Antes de pedir propostas para consolidar os seus créditos e partir para a análise das mesmas, deve analisar a sua própria situação financeira, elencando todas as obrigações que tem atualmente, os montantes das prestações e o espaço temporal durante o qual cada uma dessas responsabilidades se mantêm.

Mesmo que não tenha grande familiaridade com as tecnologias de informação, deverá usar uma folha de cálculo para explanar estes dados. Verá que depois de os inserir no Excel, ou melhor do que isso, na gratuita folha de cálculo do Google Docs, terá uma visão que o fará ver o seu futuro em termos de obrigações financeiras de forma muito mais vivida.

Compare este “deve” com os “haveres” sempre numa perspetiva cronológica, ao longo do tempo.

Tome nota das prestações vencidas que ainda não pagou (se foi o caso) e investigue se terá alguns picos de falta de liquidez nos próximos tempos.

A vantagem de realizar toda esta apreciação é a de partir para a consolidação de crédito com ideias muito bem definidas quanto ao que deseja.

As financeiras que se dedicam a este nicho do mercado de crédito, além de agregarem todas as suas obrigações financeiras num único financiamento, podem, caso assim o deseja, ou melhor, tenha verificado pela análise efetuada, que é o ideal para si, disponibilizar-lhe um acréscimo de montante em relação à soma dos capitais em dívida, isto para que possa ganhar algum folego e começar um nova etapa sem constrangimentos excessivos que lhe tolham o novo esforço.

Depois de conhecer bem a sua situação financeira e ter ideias precisas em relação ao que deseja, poderá então contactar as empresas de crédito, nomeadamente as especialistas em crédito consolidado.

Apresente-se e peça-lhes uma proposta. Faça-o com várias para poder comparar e até negociar daí para a frente com as mais promissoras.

Embora não deva descurar avaliar outras propostas, experimente a nossa recomendação atual em crédito consolidado.

Tags

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

 
 
 

Utilizamos cookies para análise de tráfego e personalização de conteúdo e anúncios. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Ler mais

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close