Crédito ao consumo lidera nas reclamações feitas contra os bancos

Crédito ao consumo lidera nas reclamações feitas contra os bancos

Por

18 de Outubro de 2013

0 comentários

Queixas

queixas contra bancos no Credito ao ConsumoEntre as reclamações recebidas pelo Banco de Portugal (BdP), as que dizem respeito ao crédito pessoal ou crédito aos consumidores, lideram.

Do total de reclamações, 29.1% dizem respeito a produtos de crédito ao consumo, mais 4.6 pontos percentuais que no ano anterior. Seguem-se as reclamações sobre as contas de depósito, um total de 25.2% e sobre crédito à habitação – 13.1%.

Se em termos absolutos, as reclamações sobre crédito ao consumo são as mais frequentes, em termos relativos, quando comparado o cenário com 2012, foi o crédito à habitação que registou uma subida mais acentuada. A média mensal subiu 46.9%, o que se poderá justificar com a entrada em vigor de novos diplomas legais como os regimes de gestão e prevenção do incumprimento (PARI e PERSI) ou do reembolso antecipado de PPRs para pagamento de prestações.

Voltando aos números totais e ao crédito ao consumo, que mais nos interessa, o BdP recebeu 9715 reclamações no primeiro semestre deste ano, mais 24.5% face à média mensal de 2012, e o Barclays foi a instituição mais “alvejada” com as queixas referentes a créditos ao consumo.

O Barclays está a diminuir a sua operação em Portugal e este comando da lista das instituições bancárias de que mais se reclama não fará muito bem à sua imagem, a não ser que as queixas do banco britânico estejam predominantemente no conjunto das 43% das reclamações encerradas em que não se verificaram indícios de infração.

Como é bom de ver, nos restantes 57% das 9715 reclamações recebidas pelo Banco de Portugal, foi dada razão ao reclamante, e os bancos resolveram a situação por iniciativa própria ou por recomendação e/ou determinação específica do banco central.

Tags

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

 
 
 

Utilizamos cookies para análise de tráfego e personalização de conteúdo e anúncios. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Ler mais

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close