Crédito ao consumo dispara com a compra de carros novos

Crédito ao consumo dispara com a compra de carros novos

Por

30 de Novembro de 2016

0 comentários

Crédito Automóvel

Como consequência da compra de automóveis, a concessão de crédito ao consumo cresceu 15 por cento desde o início de 2015. Os valores fazem parte do Relatório de Estabilidade Financeira do Banco de Portugal (BdP).

Crédito ao consumo dispara com a compra de carros novos

O BdP realça ainda que esta evolução teve um contributo forte das instituições financeiras mais pequenas (que não pertencem ao chamado G8, o conjunto dos oito maiores bancos a operar em Portugal). Esses bancos de menor dimensão foram responsáveis por metade desse aumento dos novos empréstimos de crédito ao consumo.

A grande maioria dos novos devedores, sublinha a instituição liderada por Carlos Costa, são pessoas com pouca ou nenhuma dívida a bancos. O crescimento de 15 por cento também encontra justificação no facto de, durante o período da troika, a concessão de crédito ter caído tanto que um aumento do valor absoluto, ainda que seja modesto, pode representar uma subida percentual expressiva.

O Banco de Portugal nota também uma subida, embora menor, do crédito à habitação, mas sublinha que, de uma forma global, a tendência de amortização de dívida aos bancos por parte das famílias continua. Foi nos bens duradouros que as famílias mais cortaram durante o período da troika, sendo alguma retoma desse tipo de consumo perfeitamente expectável.

No lado das empresas, o BdP verifica que os bancos são agora mais exigentes na concessão de crédito: os empréstimos foram, em parte, reorientados para companhias com melhor perfil de risco.

No relatório de estabilidade financeira, o regulador alerta ainda para a queda contínua da taxa de poupança das famílias, que já está nos 2% do PIB, o valor mais baixo desde 1999.

 
» Simulação de crédito
  • 1.
  • 2.
  • 3. Fim
 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*