CGD dá moratória de 6 meses no crédito pessoal à habitação e a empresas

CGD dá moratória de 6 meses no crédito pessoal à habitação e a empresas

CGD dá moratória de 6 meses no crédito pessoal à habitação e a empresas

A CGD foi a primeira instituição bancária a anunciar que iria disponibilizar moratórias de crédito que permitam aliviar os encargos das famílias e empresas neste período difícil devido ao surto de coronavírus e doença Covid-19. A Caixa também se disponibiliza a isentar comissões em determinadas circunstâncias, concedendo ainda vantagens sobretudo às empresas, neste período de crise.

Vantagens aos Particulares

Relativamente aos clientes com crédito (habitação ou pessoal), a CGD avaliará a eventual carência de capital até 6 meses, mediante pedido dos clientes.

Para clientes com Contas Caixa, todas as transferências realizadas através dos canais digitais passam a ser gratuitas.

Clientes com conta na CGD que não sejam detentores de cartão de débito, a Caixa isentará a primeira anuidade.

Também todos os clientes com pensão até 1,5 vezes o salário mínimo nacional e os jovens até aos 26 anos estão isentos de comissões.

Vantagens às Empresas e comerciantes

A CGD vai aceitar reajustar os pagamentos das prestações mensais nos seus créditos de médio e longo prazo por um período até 6 meses.

Prolonga prazos de pagamento de financiamentos especializados em modelos de leasing para equipamentos mais atingidos pela actual crise por períodos adicionais de 12 meses.

Simplifica os mecanismos de prorrogação até 180 dias de todas as operações de curto prazo em vigor.

Para empresas ou entidades do sector da saúde e social (hospitais, clínicas, laboratórios, lares, bombeiros, entidades de apoio social, em geral), simplifica a decisão de prorrogação em 12 meses do prazo total de operações de leasing mobiliário que estejam em vigor e, em alternativa, introduzir períodos de carência até 12 meses.

Para o sector dos transportes, alarga o prazo de pagamento dos leasings sobre viaturas ligeiras e viaturas pesadas por períodos até 12 meses ou em alternativa introduz períodos de carência até 90 dias.

Para o sector de turismo alarga os prazos de vencimento até mais 5 anos, em função de avaliação pontual.

Cria linhas de crédito e reforça as actuais linhas para permitir às empresas a aquisição de equipamentos informáticos e de telecomunicações no sentido de incrementar os meios disponíveis para Teletrabalho.

Aumenta até 30% os limites de factoring.

Aos pequenos comerciantes, a Caixa isenta mensalidade de todos os Terminal de Pagamento Automático (TPA) com facturação inferior a 7.500 euros por mês até 31 de Maio.

A CGD é um dos bancos que integra a linha Capitalizar Covid-19 que disponibiliza 200 milhões de euros de financiamento às Micro e PME para apoio de fundo de maneio e de tesouraria.

 
» Simulação de crédito
  • 1.
  • 2.
  • 3. Fim

Ler política de tratamento de dados pessoais
 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*