Cartões de crédito Mastercard e Visa atacados na web

Cartões de crédito Mastercard e Visa atacados na web

Por

14 de Dezembro de 2010

0 comentários

Cartões de Crédito

Duas das principais empresas de cartões de crédito, Visa e Mastercard, viram os seus sites na Web paralisados em consequência de ataques piratas de retaliação pelo facto de terem decidido bloquear pagamentos à organização WikiLeaks.

cartão de créditoAs duas empresas reagiram de maneira distinta ao ataque: a Mastercard comunicou os seus esforços e o seu sucesso no restabelecimento do seu site, enquanto a Visa ignorou o sucedido, não se referindo nunca às perturbações que lhe foram impostas.

A MasterCard informou os media que restabeleceu todos os serviços do seu site de Internet e que nada tinha sido comprometido, sejam as capacidades de gestão de transacções que não foram constrangidas, sejam os dados dos clientes dos cartões de crédito que não foram colocados em risco. A MasterCard avançou que o corte nos serviços prestados aos clientes foi muito delimitado no tempo.

Se o seu objetivo é subscrever o crédito ao consumo mais barato possível, não pode deixar de realizar algumas simulações de crédito.

Como já referimos, a Visa não se referiu ao ataque. Para colmatar o silêncio da empresa de cartões de crédito os ataques – denominados Anonymous – divulgaram no Twitter terem sido os autores do ataque e fazerem-no como forma de apoio ao o WikiLeaks e ao seu fundador, o australiano Julian Assange.

Tags

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*