Crédito pessoal do Santander Totta

Crédito pessoal do Santander Totta

Por

16 de Fevereiro de 2012

0 comentários

Crédito Pessoal

crédito pessoal santanderO crédito pessoal do Santander não é uma solução semelhante à esmagadora maioria dos produtos de  crédito pessoal dos restantes bancos e empresas de crédito. O Santander Totta posicionou este produto de crédito pessoal para quem já é cliente, ou está em vias de o ser, e necessita pontualmente de liquidez para não ter que se descartar de aplicações financeiras que já dispõe, como sejam ações, fundos, depósitos a prazo, seguros de capitalização, ou outros.

Assim, o próprio nome do crédito pessoal Santander evidencia esta estratégia. Chama-se Crédito Liquidez. Na voz do p´roprio banco é a opção ideal para os clientes que se enquadram no caso descrito acima, pois dispõe de prazos muito flexíveis, e conta com spreads baixos para o atual contexto económico e financeiro.

O prazo mínimo do crédito pessoal Santander é de seis meses e o banco aceita contratos que se podem estender até ao máximo de 60 meses em empréstimos com carência de capital e 96 meses nos empréstimos em não há lugar a carência de capital.

O spread é estudado caso a caso com o cliente – o Santander publicamente não se alonga muito sobre isto – e a taxa de juro é indexada à Euribor a 6 meses.

Acreditamos que os spreads sejam realmente baixos pois o crédito liquidez pressupõe que seja dada como garantia de penhor as próprias aplicações financeiras que o cliente já dispõe, e cuja necessidade de movimentar motivaram supostamente o pedido de crédito.

Embora os spreads não sejam definidos rigidamente e tornados públicos, podemos atentar no indicador dado pelo banco em duas simulações de crédito pessoal que apresenta no seu próprio site onde o spread é de 3.5%.

TAEG de 6.1%

Exemplo de taxas para um empréstimo de 50 mil euros a 5 anos com carência de capital até ao vencimento do empréstimo, incluindo as comissões de formalização, de dossier e de gestão mensal e o imposto sobre a utilização de crédito.

Taxa de juro anual de 5,194%, indexada à Euribor a 6 meses resultante da média aritmética simples das cotações diárias da Euribor a 6 meses com referência a um ano de 365 dias, do mês anterior ao período da contagem de juros, arredondada à milésima, exemplo de 1.694% referente ao mês de Dezembro de 2011, acrescida de spread de 3.5%.

No vencimento do  empréstimo será reembolsado a totalidade do capital concedido.

Tags

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*