Empresas de crédito especializado satisfazem clientes de crédito

Empresas de crédito especializado satisfazem clientes de crédito

Por

13 de Novembro de 2019

0 comentários

Crédito Pessoal

Os clientes nacionais de crédito ao consumo estão na sua esmagadora maioria satisfeitos, ou muito satisfeitos, com a instituição que escolheram para lhes conceder crédito. A percentagem de satisfação chega aos 92% dos clientes das Instituições de Crédito Especializadas.

Um estudo encomendado pela ASFAC – Associação de Instituições de Crédito Especializado, realizado durante o mês de Maio de 2019, procurou apurar a percepção e o nível de satisfação dos portugueses em relação ao crédito ao consumo e à actuação das instituições de crédito especializadas.

De acordo com este estudo, realizado pela empresa de estudos de mercado Nielsen, 37 por cento dos portugueses possui pelo menos um crédito ao consumo, sendo que a aquisição de carro ou mota é o mais comum e relevante.

Entre os que têm dois créditos ao consumo vigentes, o crédito automóvel é combinado com o crédito para a aquisição de electrodomésticos ou equipamentos como o telemóvel ou o computador.

Entre estes, 81 por cento recorreu a uma instituição de crédito especializada para lhe conceder o crédito, contra os 19 por cento que escolheram um banco. Os motivos desta preferência passam sobretudo pelo aconselhamento no local da compra e a maior rapidez no processo. Este conjunto de indivíduos associa as instituições de crédito especializado a uma maior flexibilidade e simplicidade de processos na concessão de crédito.

Também um terço dos clientes com crédito no banco demonstra intenção de consultar uma instituição de crédito especializada quando necessitar de mais créditos. Relativamente aos clientes que ponderam futuramente obter crédito ao consumo, mais de 80 por cento estão satisfeitos com a clareza das informações prestadas por estas instituições durante o processo de consulta.

Outro facto a registar por este estudo prende-se com o uso e o valor que é dado à publicidade. Os dados deste estudo mostram que a publicidade realizada pelas instituições especializadas em crédito não influencia os portugueses no recurso ao crédito. Apenas 31 por cento diz ter-se deixado influenciar por este tipo de instituições e apenas 9 por cento mencionou ter recorrido à empresa onde fez o crédito por ter visto publicidade.

Tags

 
» Simulação de crédito
  • 1.
  • 2.
  • 3. Fim

Ler política de tratamento de dados pessoais
 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*