Dinheiro emprestado à banca não chega às famílias

Dinheiro emprestado à banca não chega às famílias

Por

14 de Fevereiro de 2013

0 comentários

Crédito empresas

dinheiro do estado não chega a famíliasO Estado anda a emprestar dinheiro aos Bancos, para estes o investirem na dívida pública portuguesa em vez de financiarem a economia e as famílias.

Lamentável, que pesem os vários milhares de milhões de euros emprestados à Banca, o crédito concedido pelos bancos às empresas e às famílias tenha caído ainda mais, segundo os últimos números apresentados pelo Banco de Portugal.

A quebra é de praticamente vinte mil milhões de euros desde que pedimos (pediram por nós, mas provavelmente não para nós) ajuda financeira à troika em Abril de 2011.

Segundo notícia do Público, o total do crédito em dívida pelas empresas e pelas famílias, apurado no final de 2012, caiu 19555 milhões de euros quando comparado com os valores registados em Abril de 2011.

No segmento do crédito às empresas a redução foi de 11582 milhões de euros, quase 60 por certo da redução total registada neste período.

No que diz respeito ao crédito concedido às famílias, que é a componente que mais nos interessa, a diminuição foi na ordem dos 7973 milhões de euros.

Assim sendo, parece que as injeções de dinheiro concedidas aos bancos, como os 1500 milhões de euros emprestados ao BPI, o investimento de 1650 milhões de euros na CGD, os 3000 milhões de euros de empréstimo ao BCP, e os 1100 milhões de euros ao Banif, mais não são, uma maneira dos bancos terem dinheiro para comprar a dívida pública portuguesa e assim conseguirem para eles mesmos, saborosas mais-valias.

Para as famílias? Não chega …

P.S. Desculpem a foto. A natureza doce das crias e o seu número, não é condizente com o caso presente.

Tags

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*